Linha do Tempo

  •   

    No dia 22 de novembro de 2018, o Consórcio Público Rio Guandu celebrou seu 21º aniversário reunindo autoridades, colaboradores, funcionários e parceiros de longa data. Além dos prefeitos dos municípios consorciados, ex-presidentes e ex-funcionários do Consórcio prestigiaram o evento. Também estiveram presentes o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEAMA), o Sr. Aladim Fernando Cerqueira, o Diretor de Infraestrutura de Reservação e Distribuição Hídrica da Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH), o Sr. Leonardo Deptulski, o Especialista em Recursos Hídricos da Coordenação de Implementação de Projetos Indutores da Agência Nacional de Águas (ANA), Sr. Luiz Preto, o Engenheiro da Fundação Nacional de Saúde do Espírito Santo (FUNASA/ES), Sr. Ricardo Moura Ferraz, o Secretário Executivo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Guandu (CBH Guandu), Sr. Jonnyr Gonçalves Moreira e o Chefe do Escritório local do IDAF de Afonso Cláudio, Brejetuba e Laranja da Terra, Sr. Denevaldo Filete.

    O Consórcio foi criado em 02 de outubro de 1997 na forma de associação sem fins lucrativos pelos municípios de Afonso Cláudio, Brejetuba, Laranja da Terra e Baixo Guandu, além dos parceiros e colaboradores como a CESAN, ESCELSA, SEAMA/IEMA e Instituto Terra.

    Tinha como lema “Quatro municípios e um rio. A mão sem o dedo polegar pouco vale, os municípios sem o rio Guandu nada valem. A mão que destruiu, hoje se une para reconstruir”.

    Em 2006 realizou a Descida Ecológica do Rio Guandu que mobilizou a sociedade para a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Guandu (CBH Guandu). O Comitê foi criado em 2007 e o Consórcio assumiu o papel de secretaria executiva que realiza até os dias de hoje.

    Durante toda sua trajetória, o Consórcio, além de buscar parcerias para ações de recuperação da bacia, sempre deu destaque para atividades de Mobilização Social e Educação Ambiental. E pelo reconhecimento do seu papel de articulador e mobilizador trouxe importantes programas e projetos do Governo do Estado para os municípios consorciados, como o Projeto Produtores de Água, Projeto Extensão Ambiental e o Programa Reflorestar.

    No ano de 2010 realizou seu 1º Planejamento Estratégico e define sua missão “Articular e desenvolver ações conjuntas de proteção e conservação dos recursos naturais na Bacia Hidrográfica do Rio Guandu, integrando os diversos setores da sociedade e visando a melhoria da qualidade de vida dos munícipes” e sua nova identidade visual.

    A The Nature Conservancy, em 2012 passou a cooperar com as ações de restauração florestal articuladas pelo Consórcio na execução do Programa Reflorestar. Importante parceria que colabora tecnicamente e financeiramente até a presente data.

    Motivados a ampliação da sua área de atuação e capacidade de captação de recursos para implementação das ações, em 2014 foi alterada sua personalidade jurídica, passando a ser Consórcio Público, Associação pública de direito público conforme a Lei 11.107/2005.

    O ano de 2017 foi marcado por novas parcerias, o Consórcio é habilitado como consultor do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (BANDES) para elaboração e monitoramento do projetos técnicos do Programa Reflorestar. O Consórcio teve o Projeto Cultivar aprovado em 5º lugar no Chamamento Público da ANA e o município de Conceição do Castelo faz adesão ao Consórcio.

    No seu 21º ano de existência, é o primeiro Consórcio Público do Estado do Espírito Santo a atuar no Licenciamento Ambiental dos municípios consorciados e recebe mais um ente consorciado, o município de Itaguaçu.

    A celebração dos 21 anos do Consórcio permitiu o reencontro dos parceiros e colaboradores e daqueles que contribuíram com a construção de sua história e com o fortalecimento da gestão integrada e consorciada.

    Baseado nos valores: Integração, Comprometimento, Persistência, Superação e Ética, e com a missão de “Articular e desenvolver ações conjuntas de proteção e conservação dos recursos naturais nos municípios de atuação, integrando os diversos setores da sociedade e visando o fortalecimento da gestão ambiental.” o Consórcio inicia uma nova fase com o compromisso de fortalecer a gestão ambiental dos entes consorciados.

     

  •        

  •  
        

  •